De restinhos a uma refeição






Por estes dias, resolvi fazer uma ronda na despensa. É algo que tenho de fazer com maior frequência, está visto, pois tinha alguns alimentos a estragar.
Para acabar com os restinhos resolvi inventar uma receita, nada de espectacular, mas que até calhou bem.

Vou dizer o que fiz, mas sem a pretensão de passar uma receita, só explicar o que aproveitei.
Refoguei uma  cebola, juntei alho e uma folha de louro. Juntei um tomate e, quanto já tinha criado um molho, acrescentei um pouco de água, temperei com sal. A este molho adicionei um restinho de lentilhas verdes e deixei cozinhar. Tinha uma lata de atum na despensa e um resto de salmão no frigorífico, foram ambos para o tacho.
À parte fiz um pouco de bechamel. Queria ter cozido massa riscada ou cotovelinhos, mas já não tinha, por isso, foi um resto de esparguete partido aos bocadinhos.
Juntei tudo num recipiente para ir ao forno e ralei um pouco de queijo da ilha para gratinar.
Não é propriamente uma refeição gourmet, mas acabei com alguns restinhos e até estava saboroso.

Por vezes enchemos demais a despensa e acabamos por estragar comida. Senti que estava a colocar dinheiro ao lixo, apesar de ter deitado fora pouca coisa, é sempre um desperdício.
No poupar é que está o ganho!